0
Seu carrinho está vazio :(

botão whats

Dicas

Por dentro do jejum intermitente e como praticá-lo

Publicado em 20.09.2021 | comentários
12 visualizações
Imagem do autor Ricardo Alves
Ricardo Alves
Redator da Holyfit

Cada vez mais pessoas têm pesquisado o que é o jejum intermitente e como adotá-lo na sua rotina para garantir resultados sólidos na perca de peso e no controle da fome. Mas vale a pena entender bem o que é o regime intermitente e como ter o melhor proveito de sua prática. No post de hoje vamos apresentar dicas e quebrar alguns mitos sobre essa prática.

O que é o jejum intermitente?

O jejum é a prática do momento, a ideia é simples e consiste em ficar grandes períodos de tempo sem ingerir alimentos sólidos, apenas líquidos sem adição de açúcar. Muitas pessoas recorrem a ele para perder peso. Mas sabia que ele é bem mais antigo do que parece e tem muitas outras utilidades?

Desde os tempos antigos o ser humano já tinha a prática de não se alimentar por um longo período de tempo, seja por motivos religiosos ou pela própria escassez de alimento. E graças à tecnologia moderna, podemos comprovar os benefícios dessa prática. Mas antes de falarmos sobre o jejum diretamente precisamos desmitificar algumas coisas.

A primeira delas é a ideia de que ficar sem comer por muito tempo é extremamente prejudicial à saúde. Essa ideia começou a ser difundida lá por meados da década de 80, junto com a dica de sempre comer de três em três horas e jamais pular uma refeição.

Lembrando que não estamos abominando o hábito de realizar as refeições em períodos pré-definidos, essa é uma boa prática para condicionar o corpo a ter fome em momentos específicos do dia (o que é bem útil para as pessoas com a agenda sempre lotada).

Mas não há comprovação científica de que isso dá mais energia ao corpo ou coisa parecida, apenas ajuda a não ter aquela sensação terrível de fome.

Lembra do ditado "tome café da manhã como um rei, almoce como um príncipe e jante como um mendigo"? Por causa de ideias assim é necessário muito esforço para tirar o medo de jejum do inconsciente das pessoas, mas nós estamos dispostos a fazer esse esforço. Vem com a gente!

por dentro do jejum intermitente e como pratica lo blog 1

Os benefícios do jejum

Talvez o benefício mais óbvio seja a perda de peso. Após um período de quatro horas sem ingerir alimentos, o organismo começa a usar as reservas de gordura presentes em locais como abdômen, quadril, glúteo e coxas.

Claro que não adianta ficar horas sem comer e depois atacar 3 hambúrgueres e 4 batatas grandes, é preciso ter bom senso para não acabar jogando todo o esforço no lixo. Vamos falar sobre isso mais a diante.

Um benefício pouco conhecido do jejum é a autofagia. Simplificando bastante, é um processo que ocorre no interior da célula após um longo período sem ingestão de alimentos. Esse processo faz com que a célula elimine de seu interior várias toxinas que são responsáveis pelo envelhecimento dela mesma. Os benefícios você já pode imaginar.

Esse processo auxilia na renovação celular e pode até ajudar na prevenção de doenças degenerativas como o Parkinson e Alzheimer . Além de melhorar a longevidade.

por dentro do jejum intermitente e como pratica lo blog 3

Para quem é recomendado o jejum intermitente?

Para quem quiser melhorar seu desempenho no dia a dia. O jejum intermitente é recomendado para todos que querem manter a forma e ter uma ótima saúde. Um erro muito comum é achar que essa prática só deve ser adotada por aqueles que precisam perder peso rapidamente e não alcançaram o objetivo com exercícios e dietas.

Na verdade, todos nós realizamos o jejum quando vamos dormir e nem percebemos. Normalmente ficamos de 8 a 12 horas sem comer. o que já é bastante tempo.

Vamos ver agora algumas importantes contraindicações para essa prática tão benéfica. Confira!

E quem não deve fazer jejum?

No geral, não existe uma proibição direta. Mas há casos específicos em que o jejum não será bem aproveitado ou até se torne um problema, como é o caso de atletas que necessitam de muita energia em seus treinos diários e podem comprometer a performance ao ficar muito tempo sem se alimentar.

Outro fator que deve ser considerado é o da produção hormonal, que pode ser desregulada durante o jejum. Por isso ele não é recomendado para crianças e adolescentes que estão em fase de desenvolvimento, ou gestantes.

Também é importante verificar os sintomas de hipoglicemia, principalmente em pessoas com diabetes, que podem incluir tremores, palpitações e ansiedade. Lembre-se que, ao iniciar essa prática, é normal sentir um pouco de tontura e irritabilidade. O corpo vai precisar de um tempo pra se acostumar.

Não precisa começar logo nas 16 horas, defina metas mais baixas e vá aumentando conforme for se adaptando. Aqui é válido citar um antigo provérbio: "Toda caminhada de mil quilômetros começa com um pequeno passo".

por dentro do jejum intermitente e como pratica lo blog 4

Colocando o jejum em prática

Chegou a hora de colocar tudo o que você aprendeu até aqui na prática. Agora você já tem uma meta definida e sabe o que quer alcançar. Então é só parar de comer? Não!

Antes de começar de fato o jejum, saiba que o indicado é fazer a ultima refeição rica em proteínas e fibras, que dão mais saciedade e diminuem o sofrimento da fome, e evitar os carboidratos, que aumentam consideravelmente o índice de insulina no sangue (e quando esse índice descer, a sensação de fomes erá alta).

Outra dica importante é que, após 16 horas de jejum seu corpo já tem total acesso aos depósitos de gordura acumulada. Se você conseguir, faça exercícios nesse período para potencializar os resultados.

Quando for quebrar o jejum, não coma uma refeição completa, pois seu corpo não estará preparado para fazer essa "digestão surpresa" após um longo período de inanição. Isso pode acabar resultando em uma diarreia. Então muito cuidado.

É recomendado tomar uma sopa ou um caldo para preparar o organismo. Esses líquidos não exigem tanto do estomago e já vão repor alguns dos elementos perdidos durante o jejum, além de avisar que a comida já está chegando.

por dentro do jejum intermitente e como pratica lo blog 2

Agora que você já sabe como incrementar essa prática incrível no seu dia a dia, que tal conhecer 6 pontos para uma rotina mais saudável? Tenho certeza que vai melhorar ainda mais sua performance. Até o próximo post!

Comentários

Holyfit e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.