icone sacola
0
Seu carrinho está vazio :(

Clique aqui e seja exclusivo!

botão whats

Exercícios Físicos

Treinamento funcional: Um guia Holyfit com tudo que você precisa saber!

Publicado em 03.12.2021 | comentários
13 visualizações
Imagem do autor Ricardo Alves
Ricardo Alves
Redator da Holyfit

De tempos em tempos surgem novas formas de trabalhar o corpo que prometem ótimos resultados com pouco esforço, mas se tem uma coisa que qualquer esportista sabe: os objetivos só são alcançados com determinação e uso de métodos eficientes.

O primeiro requisito só depende de você, mas quanto ao segundo a Holyfit se encarrega. Quer saber tudo sobre o treinamento funcional para começar a praticar o quanto antes? Então fique com a gente até o final e descubra todas as vantagens que um bom treino funcional pode oferecer!

Afinal, o que é o treinamento funcional?

Não se sabe ao certo onde o treino funcional surgiu, mas há indícios de que, na Grécia antiga, os atletas já praticavam exercícios focados nos movimentos corporais, uma das principais características do treino funcional.

O treinamento funcional foca nas atividades funcionais realizadas pelo corpo no dia a dia, ou seja, aquelas atividades que realizamos desde sempre como pular, agachar, correr, esticar e retrair os membros, etc.

Os exercícios funcionais por sua vez focam nesses movimentos e trabalham diversas regiões do corpo ao mesmo tempo, o que tonifica ainda mais os resultados do treino e os benefícios para a saúde. Confira na sequência.

oque-e-treino-funcional-blog

Circuito funcional: confira os benefícios

Os exercícios funcionais normalmente são praticados em circuitos funcionais, tal prática contribui para um melhor aproveitamento da condição do atleta. De maneira mais simples, os exercícios feitos em sequencia aproveitam as condições elevadas do atleta, como alta frequência cardíaca e respiratória.

Com o circuito também é possível trabalhar várias partes do corpo em um único treino, alcançando não só a queima de gordura como também o aumento da força. Confira mais alguns dos benefícios do treino funcional:

  • Fortalece os músculos;
  • Melhora a coordenação motora;
  • Contribui para a queima de gordura;
  • Trabalha e fortalece o sistema cardiorrespiratório;
  • Trabalha a postura correta;
  • Melhora a flexibilidade;
  • Ajuda na realização de movimentos simples do dia a dia.

Alguns cuidados também precisam ser tomados

Quando o assunto é treino funcional, é preciso tomar alguns cuidados para garantir o melhor resultado nos treinos. Em geral, não existe contraindicação para esse tipo de exercício. Mas como os movimentos são complexos e utilizam várias partes do corpo de uma só vez, os iniciantes no mundo dos treinos podem apresentar mais dificuldades.

Por isso, se você está começando a praticar exercícios agora, faça uma série de alongamentos antes de começar a treinar e prefira movimentos mais simples ou inicie na musculação.

A prática de alongamentos corretos unida à musculação irão preparar seu corpo para movimentos mais complexos e que exigem certo condicionamento físico e flexibilidade, garantindo o máximo proveito do exercício.

Treino funcional e musculação: qual a diferença?

A comparação entre treino funcional e musculação exige algumas observações mais cuidadosas, inclusive temos um post que trata especificamente do assunto. Se você estiver em um impasse sobre qual escolher, esse conteúdo pode te ajudar.

De maneira simplificada não existe uma fórmula melhor ou pior de praticar exercícios, o importante mesmo é praticar alguma modalidade. Tanto o treino funcional como o famoso treino de academia contribuem para a perda de peso e desenvolvimento dos músculos.

A diferenças começam já na forma de se exercitar e podem ser um fator decisivo para quem não se adaptou a academia, já que os treinos funcionais quase não utilizam equipamentos extras. O volume trabalhado na musculação, no entanto, é interessante e deve ser considerado.

Observe as peculiaridades de cada estilo e se for preciso faça um período de testes com cada um para encontrar o modelo ideal de treinamento, lembre-se de respeitar seus limites e consultar um médico no caso de algum problema de saúde que possa atrapalhar o treino.

academia-ou-treino-funcional-blog

Exercícios funcionais: como começar a praticar?

Se você já pratica esportes e quer começar um treino funcional, considere as dicas que a Holyfit preparou para te ajudar a alcançar o melhor resultado de forma prática e segura. São dicas simples, mas que irão impactar positivamente no seu treino funcional!

Para quem está começando agora é preciso tomar cuidado nos treinos, busque sempre fazer os movimentos corretamente e, se for preciso, realize seus treinos com a ajuda de um profissional.

Entende seus limites e trabalhe eles

Cada um sabe até onde consegue ir em certa atividade física, o segredo para manter uma progressão na eficiência dos treinos é trabalhar sempre perto do limite e ir expandindo esse limite de forma segura e cuidadosa.

Isso quer dizer que se você consegue fazer 20 polichinelos com qualidade, nunca deve realizar menos que isso. Conforme os treinos forem passando, tente fazer 25 e continue trabalhando nesse número. Assim você irá progredir um pouco a cada treino, o que trará muitos resultados! Isso também vale para os mais experientes.

entenda-seus-limites

Se prepare corretamente

Além dos alongamentos que já citamos aqui é importante tomar mais alguns cuidados antes do treino para obter resultados satisfatórios. Preparamos um checklist para te ajudar nessa missão:

  • Use roupas adequadas, que não atrapalhem os movimentos;
  • Se for treinar em casa, escolha um local livre de mobílias e outros objetos;
  • Escolha um tênis confortável que garanta a instabilidade;
  • Não faça exercícios funcionais em jejum.

se-prepare-corretamente

Escolha exercícios adequados

Sabe aqueles exercícios milagrosos que prometem muitos resultados em pouco tempo? Não caia nessa, esses exercícios muitas vezes não possuem nenhum tipo de embasamento e podem até oferecer riscos para o usuário. Os exercícios clássicos são os mais indicados, veja alguns na sequência:

Flexão

A flexão é um exercício muito conhecido e tem bastante potencial. Ela é relativamente simples de ser feita, mas quem está começando agora pode ter mais dificuldade pois os músculos não estão condicionados. Confira o passo a passo e realize corretamente sua série de flexões:

  1. Deite de barriga para baixo.
  2. Levante o corpo usando as mãos e as pontas dos pés.
  3. Flexione os braços para trás enquanto aproxima o peito do chão.
  4. Suba novamente e continue o movimento.
  5. Faça entre 10 e 15 repetições.

flexao-blog

Burpe

O burpe é um exercício avançado, mas que pode ser praticado por iniciantes em uma quantidade menor. Com o tempo você verá sua resistência aumentando, o que possibilitará séries maiores. O burpe é a junção de 3 movimentos, confira como praticá-lo:

  1. Fique em pé com a coluna reta e dê um leve salto.
  2. Ao cair, agache uma vez e depois coloque as mãos no chão.
  3. Jogue os pés para trás e realize uma flexão.
  4. Retorne os pés para frente e conte uma repetição, comece de novo.
  5. Realize o movimento 10 vezes.

burpee

Escalada

A escalada é perfeita para treinar os músculos da perna, ela começa na mesma posição da flexão. Tente fazer o movimento de forma rápida para obter melhores resultados. Não saber como fazer? Confira a explicação abaixo:

  1. Fique de barriga para baixo e levante o corpo (como em uma flexão).
  2. Traga o joelho para perto do peito e retorne-o em seguida.
  3. Repita o mesmo com o outro joelho.
  4. Conte uma repetição quando realizar o movimento com as duas pernas.
  5. Faça entre 15 e 30 repetições.

escalada-blog

Prancha

A prancha é perfeita para trabalha a região do core (músculos abdominais), garantindo mais estabilidade e força em outros movimentos. O exercício deve ser feito da seguinte maneira:

  1. Fique de barriga para baixo, sob as pontas dos pés.
  2. Use o antebraço para levantar a parte superior do corpo.
  3. Mantenha a coluna reta e fique na posição por cerca de 30 segundos.

exercicio prancha blog

Esses foram alguns exemplos de exercícios funcionais que podem ser incrementados na sua rotina de treino diário. Se quiser ter bons resultados crie uma rotina de pelo menos 3 treinos por semana.

agachamento é outro movimento interessante e que também segue os princípios do funcional. Confira nosso post com 6 diferentes versões que podem ser praticadas em casa.

Gostou do conteúdo? Então continue acompanhando o blog da Holyfit para receber outras dicas que vão impulsionar seus treinos!

Comentários

Holyfit e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.